O Que Fazer no Final de Semana na Charmosa Pirenópolis?

O guia completo para um bate e volta em Pirenópolis

d15699fcedadea4be70761f1e3b3cf02.jpg

Foto/Reprodução: Curta Mais

Quem não gosta de pegar uma cachoeira no final de semana? E um dos pontos turísticos para essa façanha mais visitados dos brasilienses no quesito bate volta (viagem rápida) é Pirenópolis ou Chapada dos Veadeiros.

Uma das cidades que mais visito (por ser pertinho de Brasília), Pirenópolis ou só Piri um jeitinho carinhos que muitas pessoas a chamam, é uma cidade que conquistou meu coração. Todo ano tenho que dá uma passeada pelo Centro Histórico e pegar uma cahu.

+ LEIA MAIS | 10 Destinos Incríveis ao Redor de Brasília Para Visitar de Ônibus com um Orçamento de Mochileiro

Piri não é só conhecida pelos casarões antigos e cachoeiras, mas também pela  boa comida, pousadas de charme, compras e um patrimônio arrebatador, não há como não deixar de se encantar com essa pequena joia do interior de Goiás. Destino perfeito para um bate e volta. Se você é de Brasília fique sabendo que só 150 km divide as duas cidades, isto é, menos de 3 horas você gastará de carro para chegar na Charmosa Pirenópolis.

Ahh mas não tenho carro… Você poderá pegar um ônibus da Viação Goianésia na Rodoviária Interestadual de Brasília e aproveitar muto a cidade. A passagem custa em média R$ 34,19. Veja mais clicando aqui.

Por isso listamos aqui os programas indispensáveis pra curtir ao máximo esse destino de charme em um final de semana. Relaxe!

Centro Histórico de Pirenópolis

romario_xavier

A melhor maneira de apreciar o Centro Histórico de Piri é caminhando.

Tombada pelo IPHAN em 1989 como patrimônio histórico, a cidade conserva o casario colonial. Pelas ladeiras calçadas em paralelepípedos do centro antigo estão espalhadas construções de janelas coloridas, igrejas e espaços culturais. O cenário fica ainda mais bonito à noite, quando são acesas antigas luminárias. Vá a pé, sem pressa, e se deleite com os cafés, lojinhas de artesanatos, os bistrôs e todo o charme do lugar.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário 

igreja_matriz

A Igreja Matriz é o maior e mais antigo monumento histórico do estado de Goiás, localizada no centro histórico da cidade. É dedicada a Nossa Senhora do Rosário, padroeira dos pirenopolinos. Foi construída em 1728 por escravos, sendo terminada em 1732, data do primeiro documento da igreja; o batizado de Jarbas Jaime.

Desde então já foi modificada diversas vezes, principalmente quando esta, no dia 05 de setembro de 2002 pegou fogo, perdendo em poucas horas praticamente tudo o que havia se preservado por anos, restando apenas algumas imagens.

Hoje, já restaurada, é um dos nossos mais conhecidos cartões postais, e considerada um dos mais adorados locais para tirar aquelas fotos da viagem.

A igreja fica aberta para visitação de quinta a segunda, entre 07:00 às 17 horas, é cobrado uma taxa 2,00 por pessoa, a título de manutenção.

Telefone: (62) 3331-1299

Igreja de Nosso Senhor do Bonfim

igreja_do_bomfim

Dedicada ao Senhor do Bonfim, a igreja foi erguida a partir de 1750, ano em que chegou a imagem de Nosso Senhor Jesus do Bonfim, trazida de Salvador pelo sargento-mor Antônio José de Campos, estando concluída em 1754. A imagem de Nosso Senhor do Bonfim veio de Salvador para Pirenópolis, através de um comboio com 264 escravos.

Até 2012, a igreja era usada para cultos esporádicos, casamentos e batizados, além de ser a única igreja do período colonial aberta à visitação pública sem taxação turística. Em 2012, a igreja passou por um processo criterioso de restauração quando foram descobertas e restauradas as pinturas originais das paredes e forro da capela.

Hoje, artisticamente mais rica, a igreja é aberta a visitação de quarta-feira a domingo, das 12 às 18 horas, e cobra uma taxa de R$ 2,00 por pessoa. Apesar de ter sido reformada e restaurada com recursos públicos, é um edifício particular de propriedade da Diocese de Anápolis.


Igreja de Nossa Senhora do Carmo 

igreja_do_carmo

A igreja foi construída entre 1750 e 1754 por Luciano da Costa Teixeira e seu genro Antônio Rodrigues Frota, que teve seu nome perpetuado no Morro do Frota. Segundo a tradição, foi o terceiro prédio religioso a ser construído em Pirenópolis.

Localiza-se no Bairro do Carmo, que recebeu seu nome em homenagem à construção, logo após a Ponte de Madeira, que marca a divisa do bairro com o Centro Histórico.

O edifício abriga atualmente, além da igreja, um Museu de Arte Sacra e esta aberto para visitação de quarta-feira a domingo, das 11:00 às 17 horas.


Rua do Lazer

rua

Nos finais de semana – seja alta ou baixa temporada -, a noite é agitada na Rua do Rosário, mais conhecida como Rua do Lazer. Por ali, estão restaurantes das mais variadas especialidades, além de bares para todos os gostos. A rua fica fechada para veículos com mesas e cadeiras colocadas na rua mesmo.


Museu Rodas do Tempo

Rodas do Tempo é a realização de um sonho de quem, por mais de trinta anos, procurou resgatar e restaurar veículos antigos motorizados de duas rodas. São motocicletas, bicicletas motorizadas, scooters e veículos com mais de duas rodas que possuem motorização de motocicleta ou scooter.

Venha dar um passeio pela história em duas rodas!

Visite: http://www.rodasdotempo.com.br. Av. Prefeito Luiz Gonzaga Jayme nº 172, Alto do Bonfim, Pirenópolis-Goiás. Telefone: (62) 3331-2487. E-mail: contato@rodasdotempo.com.br


Fazenda Babilônia

fazenda_babilonia

fazenda

Construída por escravos em fins do século XVIII, a Fazenda Babilônia possui imenso valor histórico. Preservada durante séculos e tombada como Patrimônio Nacional, ainda conserva o enorme casarão colonial sustentado por grossas vigas de madeiras e paredes de taipa e rodeado por muros de pedras. Além do patrimônio e da história, a Fazenda babilônia ainda resgata a gastronomia colonial. Uma fartíssíma refeição composta de mais de 40 itens feitos com produtos da própria fazenda. São antigas receitas típicas de um Goiás rural e antigo. É o Café Sertanejo da Fazenda Babilônia.
 
GO-431, Km 3Pirenópolis, Goiás 72980-000.
Número de telefone: +55 (62) 9294-1805

Santuário Vagafogo

A reserva particular foi criada em 1990 para promover a educação ambiental, o ecoturismo e a produção sustentável de alimentos. Conta uma trilha acessível de 1.500m que revela árvores centenárias da mata ciliar que margeia o Rio Vagafogo, onde é possível se refrescar em uma piscina natural e uma pequena cachoeira.

O Santuário oferece também atividades para visitantes de todas as idades como: arvorismo, rappel, tirolesa pêndulo, observação de fauna e flora, biblioteca, quiosque com redes para descanso e o Brunch, uma verdadeira experiência gastronômica com cerca de 45 itens produzidos na própria fazenda a partir de frutos do cerrado e produtos locais ou ainda optar pelos deliciosos lanches e porções. Destaque para o ótimo brunch é o atendimento do lugar!

Localizado a 6 km da cidade, com a entrada no bairro do Carmo, após a pousada dos pireneus, próximo a Igreja São Judas Tadeu. Rua Frota, 888, Pirenópolis. Telefone: (62) 3335-8515

Valores

R$ 20,00 a entrada para adultos

Crianças de 05 a 12 anos pagam meia

Atividades

Arvorismo, Rapel, Pêndulo e Tirolesa – $ 50,00

Valor por pessoa pelas quatro atividades – R$ 140,00

Brunch: (breakfast + lunch ou café-da-manhã + almoço) – R$ 48,00 por pessoa. Crianças de 05 a 12 anos paga meia.

Horário de funcionamento

09:00 às 17:00.

Telefone: 62 9222-547

Museu do Divino Espírito Santo

museu_do_divino_espirito_santo

O museu foi aberto em 2009, após uma restauração no prédio da antiga Casa de Câmara e Cadeia, em 2005. Como o próprio nome já diz entrar lá é entrar na história da Festa do Divino de Pirenópolis, festa comemorada 50 dias após a Páscoa.

O acervo conta com peças, fotografias, textos e vídeos que contam para os visitantes a história e simbologia da festa mais esperada por pirenopolinos e visitantes da cidade.

O museu é aberto de quarta-feira a domingo das 11 às 17 horas e fica no centro histórico da cidade, Avenida Beira Rio, s/n, a taxa de visitação custa apenas 2,00.

Telefone: (62) 3331-3763

Museu de Minicera

museu_de_minecera

Quem visita Pirenópolis tem a incrível oportunidade de conhecer o primeiro Museu de Miniaturas em cera do Brasil. São centenas de bonequinhos expostos, que representam figuras goianas, políticas, históricas, artísticas, culturais, super heróis, personagens de filmes, entre outros.

O mais divertido de tudo, é que não há nenhuma identificação nos bonecos, o que sempre faz com que as pessoas tentem adivinhar de quem se trata, ou apostam para ver quem adivinha mais personalidades. Everaldo Leitão, criador do museu diz que ninguém resiste ao passar na porta, e sempre acabam entrando para dar uma olhadinha e se divertir com as miniaturas.

O museu fica dentro do restaurante Primeiro Galeto, na Rua do Bonfim, n° 29, no centro histórico, mas é aberto para qualquer um que queira conhecer, sem custo algum.

Telefone: (62) 3331-2749

Museu das Cavalhadas

museu_das_cavalhadas

O Museu das Cavalhadas é um museu privado que é mantido por Maria Eunice Pereira e Pina desde 1992. Com certeza é a melhor maneira de se conhecer a história da maior festividade local, As Cavalhadas, representadas na Festa do Divino Espírito Santo.

Ao entrar no museu, as memórias ganham vida, levando seus visitantes para dentro da festa com fotografias, catálogos, documentos, livros e peças.

Está localizado na Rua Direita, n° 39, centro da cidade, é aberto todos os dias das 08 às 20 horas, com entrada franca.

Telefone: (62) 3331-1166

Comprinhas

Imagem relacionada

Coreto no Largo do Rosário – Pirenópolis GO

As lojinhas concentram-se principalmente na Rua do Bonfim, o Largo do Rosário e a feirinha na praça central nos finais de semana e feriados, e oferecem joias, máscaras, bolsas, tapetes, sabonetes artesanais e peças de arte. Há muita coisa de desenho encantador, artesanato de primeira, feita por artistas locais e gente que se mudou para cá em busca de um ambiente charmoso.


Cachoeiras

As Cachoeiras de Pirenópolis são conhecidas mundialmente. A cidade possui cerca de 80 cachoeiras abertas a visitação. Várias possuem bares e banheiros como apoio.

Devido a localização privilegiada, as cachoeiras são localizadas próximas à Serra dos Pireneus que faz com que a água fique cristalina e de baixa salinidade, fatores essenciais para aumentar a qualidade do seu banho.

Quer conhecer as belas Cachoeiras de Pirenópolis e, de quebra, experimentar as delícias de Piri? Então conheça essa lista que preparamos para ajudá-lo a desbravar a cidade que está localizada a 130km de Brasília e 120km de Goiânia, é conhecida pelo Centro Histórico preservado e pelas belas cascatas naturais. São cerca de 80 cachoeiras de Pirenópolis espalhadas pela região que faz de Piri o local perfeito pra diversão, aventura e descanso.

Veja aqui a lista das 10 melhores Cachoeiras em Pirenópolis para você zerar a vida e começar bem a semana:

1. Cachoeira Bom Sucesso

Resultado de imagem para cachoeira bonsucesso pirenopolis

Cachoeira Bonsucesso em Pirenópolis fica localizada na Fazenda Bonsucesso, a 5km do Centro Histórico de Piri e fica aberta diariamente das 8h às 16h.

O espaço conta com duas opções de trilha: uma a cavalo, que tem seu final em 1 cachoeira e a trilha tradicional, feita a pé, que te leva a 6 cachoeiras.

Possui também um restaurante (disponível aos turistas aos finais de semana e feriados) e uma Loja de doces típicos e artesanato local.

Taxas:

Trilha a pé R$ 20,00 por pessoa (1200 metros) – com direito a usar as cachoeiras

Trilha a cavalo R$ 40,00 por pessoa (2400 metros ) – com direito a usar as cachoeiras

Restaurante:  R$ 41,00 o kg

Contatos Cachoeira Bonsucesso: (62) 99922-9298 ou (62) 99915-6374

Email: espacohipicobonsucesso@gmail.com ou hipicoespacobonsucesso@gmail.com


2. Cachoeira das Araras

Resultado de imagem para cachoeira das araras pirenopolis

A Cachoeira das Araras em Pirenópolis fica no Rio Dois Irmãos, à 18 km do Centro Histórico, sendo 15 km de asfalto e 3 km de estrada de terra. O acesso é bastante privilegiado, propiciando que o turista chegue com o carro bem próximo à cachoeira, facilitando assim o acesso de idosos e criança, pois não é necessário trilhas pra chegar à queda d’água.

Indicado pra famílias ou grupos de amigos, o local possui uma infra-estrutura completa, composta por ranchos com churrasqueira que podem ser usada pelos banhistas, além de restaurante e pousada.

Fica aberta ao público diariamente das 8h às 18h

Taxa: R$25,00 por pessoa. Pra quem quiser entrar com caixa térmica, é cobrado R$10 e R$15 pelo quiosque.

Contatos Cachoeira Araras: (62) 99973-1150 / (62) 99195-1516


3. Cachoeira do Coqueiro e Cachoeira Garganta

Resultado de imagem para cachoeira do coqueiro pirenopolis

Cachoeira do Coqueiro

A Cachoeira do Coqueiro em Pirenópolis fica localizada no Parque do Coqueiro. O acesso é bem simples, basta pegar a BR-070, na saída do Restaurante Pedreiras, seguir por 12km, sempre atento às placas “Cachoeira do Coqueiro e Cachoeira Garganta.

O local oferece ao turista uma intensa relação com a natureza. Além do banho de cachoeira, o visitante pode realizar trilhas ecológicas.

Taxa: R$ 20,00 – Deve ser adquirido nas agências de turismo da cidade

Horário de funcionamento: segunda a segunda, das 9h às 17h.

Contato Cachoeira do Coqueiro: Telefone e Whats App (62) 99944-6661 e Instagram @parquedocoqueiro


4. Cachoeira Paraíso e Cachoeira Lobo 

Resultado de imagem para cachoeira paraíso pirenopolis

Cachoeira Paraíso

A Cachoeira Paraíso e Cachoeira do Lobo oferece uma experiência única, colocando os turistas com uma relação intensa com a natureza. Conheça a Cachoeira Paraíso em Pirenópolis.

Chegar na Cachoeira Paraíso é bem simples. Basta rodar 23km pela GO 338 (saída para Goianésia) e mais 7km de estrada de chão, totalizando uma distância de 30km a partir do Centro Histórico de Pirenópolis.

O local é composto por Cachoeira Paraíso, Cachoeira do Lobo, seis piscinas naturais, uma lagoa, parquinho infantil, várias opções de trilha, redário, restaurante com comida caipira, banheiros, área de camping e wifi.

Taxas: Somente entrada R$ 25,00 (crianças até 8 anos não pagam)

O restaurante funciona aos sábados, domingos e feriados e o valor é R$49,90 o kg.

Contato Cachoeira do Lobo: Whatsapp (62) 99938-5490


5. Cachoeira do Abade

Resultado de imagem para cachoeira do abade pirenopolis

A Cachoeira do Abade em Pirenópolis está localizada a aproximadamente 16 km de distância do Centro Histórico de Piri. A propriedade conta com um total de 4 cachoeiras sendo a principal a Cachoeira do Abade. Com seus 22 metros de queda é uma das mais belas de Pirenópolis. A reserva conta também com trilhas calçadas, mirantes, restaurante além de uma ponte (para corajosos) de 50 metros de extensão.

Horário de funcionamento: Segunda a segunda das 09h às 16h

Valores para adultos:  R$ 40,00 Valores para crianças e idosos: R$ 20,00

Restaurante: Aberto de quinta à segunda-feira

Contato Cachoeira Abade: 62-99870-9591


6. Cachoeira Santa Maria e Cachoeira Lázaro

Resultado de imagem para cachoeira santa maria pirenopolis

Cachoeira Santa Maria

A Reserva Vargem Grande é uma das cachoeiras em Pirenópolis de maior destaque e oferece aos turistas uma estrutura completa. Situada a 11km do centro da cidade, a reserva e possui duas belas cachoeiras: a Cachoeira do Lázaro e a Cachoeira Santa Maria.

A Cachoeira Santa Maria, fica a 500m do estacionamento e a trilha é de nível fácil.

Já a trilha que leva a Cachoeira do Lázaro possui 1.300m e é de nível médio. Ambas as trilhas são calçadas e o local possui ainda duas lanchonetes, banheiros, estacionamento com segurança, salva-vidas.

Resultado de imagem para cachoeira lazaro pirenopolis

Cachoeira do Lázaro

Taxa: R$ 35,00 – o local aceita cartão e os ingressos podem ser adquiridos no local ou nas agências na cidade.

Contato Cachoeira Santa Maria: 62-3331-3071


7. Cachoeira do Rosário

Imagem relacionada

A Cachoeira do Rosário é um dos principais atrativos de Pirenópolis, com a queda livre mais alta da região e vencedora do certificado de excelência do TripAdivisor todos os anos.

Imagine-se num oásis de águas cristalinas mesmo durante o período chuvoso, cercado pelo cerrado rupestre, campos, várzeas, mata de galeria, fauna e flora, piscinas naturais, gruta atrás da  cachoeira de 42 metros de queda negativa, proporcionando um banho incrível embaixo da cachoeira, trilhas terapêuticas e árvores centenárias.

A Cachoeira do Rosário oferece também um restaurante, com comida goiana caipira, servida no fogão a lenha, servido aos finais de semana das 14h às 16h.

Serviço

Valores:

• Acesso à cachoeira + almoço R$ 90,

• Acesso à cachoeira R$ 45,

Horário de Funcionamento

Todos os dias, das 9h às 17h

Como chegar

GO 338, 25 KM | Serra das Araras, Zona Rural, Pirenópolis-GO

Mais informações

 Whatsapp: 62 98417-6565


8. Cachoeira dos Dragões – Mosteiro Zen

Imagem relacionada

O lugar é formado por oito cachoeiras com águas cristalinas, e fica a 43 km da cidade. O caminho é cheio de campos úmidos, vereda, cerrado e campos rupestres.

Tudo isso é possível se você visitar o Mosteiro Zen, que fica na cidade de Pirenópolis/GO. O local foi fundado pelo Mestre Ryotan Tokuda em 2001 e localiza-se na Várzea do Lobo.

Só é possível chegar lá acompanhado de um guia turístico, porque o caminho é muito longo, levando quatro horas para chegar, além do risco de se perder no meio da “viagem” e acabar sem conhecer o local maravilhoso.

Outra informação importante é que No local não existe infraestrutura de alimentação, portanto leve seu lanchinho. As roupas apropriadas são tênis, bermuda, camiseta, chapéu ou boné e roupa de banho. Em épocas de chuvas, é aconselhável levar capa de chuva para se proteger.

Serviço

Valores:

• Acesso à cachoeira + trilha R$ 40,

Horário de Funcionamento

Quarta a domingo, das 9h às 16h

Como chegar

Trajeto de 25km pela GO-338, depois vira a direita e percorre mais 15km por terra.

Mais informações

(62) 98321-0012


9. Cachoeira da Meia Lua

Resultado de imagem para cachoeira meia lua pirenopolis

Uma das cachoeiras pais próximas do centro histórico de Pirenópolis, a Cachoeira da Meia lua fica a 5 km do centro histórico, dentro da Fazenda Meia Lua, localizada bem aos pés da Serra dos Pireneus.

O acesso é bem simples. Basta ir pelo bairro Alto do Bonfim, e pegar a estrada de acesso ao Parque os Pireneus.

O local possui cerca de 200 metros de corredeiras e várias quedas d’água, formando algumas piscinas naturais. O acesso é feito por meio de trilhas bem confortáveis e o valor da entrada é de R$ 25,00. O espaço conta com uma boa infraestrutura de vestuário, banheiro e lanchonete, permitindo que você desfrute muito bem do lugar.

Serviço

Valores:

• Acesso à cachoeira R$ 25,00

Como chegar

 Estrada dos Pireneus, km 5


10. Cachoeira Usina Velha

Resultado de imagem para cachoeira usina velha pirenopolis

Pra quem busca um banho de cachoeira mas quer uma opção pertinho do Centro Histórico, a Cachoeira da Usina Velha é uma ótima escolha.

A região possui pequenas quedas d’água, sendo a maior delas com 10 metros de altura que formam várias cachoeiras artificiais. A profundidade dos poços é perfeita para banho, permitindo relaxar e se divertir.
A Cachoeira fica localizada no Ribeirão do Inferno que é um dos afluentes do Rio das Almas. Ficou conhecida por esse nome, porque onde ela se encontra, funcionava uma
usina de energia elétrica. Fica a 2,5 km do centro histórico e é necessário pagar R$ 25,00 para entrar.

Valores:

• Acesso à cachoeira R$ 25,

Horário de Funcionamento

Quarta a domingo, das 8h às 16h

Como chegar

Siga pelo Alto do Bonfim até a estrada de acesso para o Parque do Pireneus, então vira para a esquerda na placa, atravessa a ponte de madeira que dá acesso às pedreiras e seguir as placas. Saída Leste: Estrada dos Pireneus 3,5 km (500m de terra).

Mais informações

(62) 3331-1564


Agora vai uma dica geral para conhecer as cachoeiras de Pirenópolis

Defina bem qual é o seu propósito quanto a necessidade ou não de pegar uma cachoeira mais cheia de gente. Caso queira azaração e muita gente bonita, prefira vir nas altas temporadas e em um final de semana. Agora se o objetivo é meditação ou curtir com a família, programe sua viagem a Piri durante a semana.

Banho de cachoeira é sinônimo de aventura e renovação. E Pirenópolis é o destino de muitos (principalmente) Goianos e Brasilienses  que curtem fazerem as malas e irem para perto da natureza. E uma das melhores formas de aliviar o cansaço é tomar um banho gelado de cachoeira, que além dos calafrios, traz diversos benefícios para o nosso corpo e para a alma.

Mas lembre-se. A natureza é nossa casa. Cuide dela. Recolha todo seu lixo durante a visita. Pirenópolis espera por você. #VemPraPiri!


Cuidados durante um banho de cachoeira

Se informar sobre a região

É sempre importante se informar sobre o local. Hoje é possível usar relatos na internet de quem já foi ou até mesmo a opinião de agentes de turismo. Informações sobre como é o acesso, se a cachoeira possui praia ou é delineada por pedra ou barro é importante para o seu preparo.

Observar a profundidade das águas

Antes de se jogar numa cachoeira, é importante verificar a profundidade. Falando em água, todo cuidado é pouco.

Cuidado com as pedras

Vai mergulhar? Observe se o local tem pedras. Não vai querer estragar o seu passeio e de sua família, né?

Cuidado com trombas d´águas.

Por mais experiente que você seja, é sempre bom observar se choveu recentemente na região. Pode ser que tenha chovido muito na região mais alta (e você nem percebeu). Isso pode gerar um aumento do nível da água e uma intensidade na correnteza. Cuidado!


Benefícios do banho de cachoeira

Renovação das energias do corpo

O choque térmico causa ótimos benefícios ao corpo dos banhistas

A água fria trás ótimos beneficio à pele e aos cabelos

O banho de cachoeira representa um tratamento natural para sua pele e cabelos, pois tira a oleosidade e previne o ressecamento.

Ótimo para circulação sanguínea e auxilia no aumento da imunidade

As águas frias promovem um bombear sanguíneo mais eficiente e você seu sistema imunológico mais mais ativo, aumentando assim a sua resistência a doenças.

Previne a perda de massa muscular

A prática esportiva é essencial para a manutenção da massa magra em nosso corpo.

Ótima antídoto contra a depressão

A sensação da água caindo sobre nossas cabeças causa calma e bem-estar, sensação esta que aliada ao contato com a natureza, pode ajudar muito no combate aos principais sintomas depressivos.

Auxilia na perda de gordura

Um bom banho de cacheira gera muita perda de calorias e isso vai promover um emagrecimento, a longo prazo.


Então pessoal é isso. Espero que esse guia ajudem vocês a programar a viagem a Piri. Deixe aqui nos comentários o que achou do post e compartilhe esse guia nas suas redes sociais para ajudar na divulgação do nosso blog. No Instagram do Blog todos os dias sai uma dica que não está aqui no blog. Aguardo vocês lá. Beijos. Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s